DESCUBRA UMA NOVA FORMA DE VIAJAR O MUNDO ATRAVÉS DO WORK EXCHANGE. ECONOMIZE E AGREGUE EXPERIÊNCIAS RICAS NA SUA BAGAGEM.

Como viajei pela California por três meses gastando R$ 5.500,00

Quando falamos em planejar uma viagem, logo pensamos nos gastos que elas nos trazem, nas conversões malucas entre Real, Dólar, Euro, nas dúvidas se realmente o dinheiro será suficiente…  Porém, hoje, na era da colaboração, podemos encontrar uma infinidade de facilidades que nos permitem conhecer o mundo com menos dinheiro. Basta estar ligado ao que esse paraíso pode te oferecer.

Para poder me manter por mais tempo viajando, eu incorporei ao esquema work exchange, que nada mais é do que trabalhar em troca de casa e alimentação, e uso também plataformas como o Couchsurfing, onde é possível se hospedar na casa de pessoas sem pagar nada por isso. Dessa forma, eu consigo cortar alguns dos maiores custos necessários para se realizar uma viagem.

Durante os dois primeiros meses na California, a minha intenção era fazer uma imersão no idioma e na cultura local. Por isso, eu optei por morar, através de work exchange, em Sacramento, capital do estado, localizada a uma hora e meia de San Francisco (veja como foi a experiência aqui). Após, isso, eu mudei para San Diego, onde tive uma experiência de work exchange por alguns dias e passei as duas últimas semanas de viagem exclusivamente a lazer.

Foram três meses de viagem no total, e eu vou mostrar aqui, através de números reais, como gastei ao todo  R$ 5.522,70, incluindo passagens aéreas, considerando a cotação do dólar a R$ 3,26.

R$ 1.300,00  Passagem aérea ida e volta: São Paulo – Miami –  usando pontos + dinheiro (para visitar família que reside lá)
R$ 1.219,00  Passagem aérea Ida e volta Miami – California, incluindo uma bagagem de 72 dólares despachada para os trechos
R$ 391,20 ($ 40,00/mês) Telefonia Plano pré-pago T-Mobile com Internet 4G de 5GB, mensagem de texto ilimitada e 100 min de ligações
R$ 800,00

 ($ 35,06/semana)

Gastos em geral nas primeiras sete semanas em Sacramento Considerando que durante esses tempo, eu fiz work exchange, e os gastos eram apenas para o meu divertimento e necessidades em geral como higiene pessoal e passeios pela região aos finais de semana.
R$ 244,50  ($ 75,00) Passagem terrestre Ida de Sacramento para San Diego, incluindo dois trens e um ônibus.
R$, 00,00 Work exchange de 10 dias Imersão em uma fazenda espiritual próxima a San Diego
R$ 241,24  ($ 74,00) acomodação em San Diego* Duas noites em um hostel localizado em Downtown
R$ 1326,76                          ($ 27,13/dia) 15 dias em San Diego Valor médio por dia, incluindo transporte, alimentação e lazer
total: R$ 5522,70    

* O único gasto que tive com estadia foram duas noites em um hostel em San Diego. Em todos os outros momentos que eu não estava fazendo work exchange, eu fiz Couchsurfing Saiba mais sobre como funciona aqui. Durante 14 dias, eu fiquei em quatro casas diferentes (pelo bom senso, duas noites é a média aceita pela maioria das pessoas). No último Couchsurfing, eu fiquei muito amiga da pessoa que me hospedou, e fui convidada a ficar lá até o final da viagem.

Hoje, pouco tempo depois de voltar ao Brasil, eu bato no peito e digo com todas as letras que essa foi sem sombra de dúvidas a melhor viagem que já fiz em toda a minha vida, e coincidentemente a que teve o orçamento mais baixo. Certamente o que a tornou tão especial foi ter aprendido a deixar de lado preconceitos, medos e resistências para me permitir experimentar o novo e tudo o que o Universo reservou para mim. Conheci pessoas especiais, visitei lugares de tirar o fôlego, dormi desde um sofá de dois lugares até um yacht luxuoso. Rezei, chorei e gargalhei!

Então, independente de viajar com muito ou pouco dinheiro, o segredo é estar em paz consigo mesmo e com o coração aberto para aproveitar ao máximo tudo aquilo que a vida tem a nos mostrar. Desapegue de tudo o que te causa dependência ou desejo, e eu garanto que nada mais será como antes!

Post Author
Amanda Barbosa

Comentários

11 Comentários
  1. postado por
    Amanda Barbosa
    ago 25, 2016

    Oi Fabiana, tudo bem? Voce pode ficar legalmente no país com o visto de turista por 6 meses. O site WWOOF explica que o work exchange é uma atividade de recreação e não um trabalho voluntário, e que por isso é uma atividade legal nos EUA. Eu fui para a California em 2015 e não tive qualquer problema na imigração, porém, para evitar mal entendidos, o melhor é dizer que está visitando o país a turismo, o que não deixa de ser uma verdade. Espero que tenha ajudado! beijos

  2. postado por
    Fabiana Barbosa
    ago 18, 2016

    Oi Amanda, obrigada pelas dicas, realmente muito esclarecedor. Mas tenho uma dúvida que se assemelha das que li nos comentários, tenho pouca grana e estou planejando ir para a Califórnia em 2017, provavelmente San Diego para fazer inglês, só que tentarei a free school e couchsurfing ou workexchange, mas tenho medo de não dar certo ou de ser barrada. Você sabe se existe um período para se conseguir estudar dessa forma? Vou provavelmente em agosto. Obrigada!

  3. postado por
    Cássia Teixeira
    jun 22, 2016

    Oi Amanda, tudo bem?
    Estou estudando o assunto de WorkExchange como forma de estudar inglês fora.
    Minha dúvida é a mesma que a amiga “liliumortiferum”. Como conseguir o visto para 6 meses nos EUA?
    Você pode me ajudar?

  4. postado por
    Amanda Barbosa
    maio 12, 2016

    Oi Rejane, tudo bem? Fica em Valley Center!

  5. postado por
    Rejane Abilio
    maio 7, 2016

    Olá! Espero que esteja bem. Onde fica exatamente o retiro espiritual que ficou próximo a San Diego?

  6. postado por
    Amanda Barbosa
    mar 21, 2016

    Oi! Respondido via e-mail! 🙂

  7. postado por
    liliumortiferum
    mar 19, 2016

    Amanda, c poderia me tirar uma dúvida?
    Quero ficar 6 meses na califórnia fazendo work exchange e tbm estudar inglês numa free school…no entanto, o q tá me tirando a paz é: como conseguir q me deem permanência de 6 meses? Work exchange é considerado trabalho? Se for considerado, então tenho q ter um visto de trabalho, certo?

    Pretendo tirar um visto de turista e não sei como dizer para quem for me entrevistar no aeroporto dos eua o porq de ficar 6 meses! Só sei q não posso falar da free school e nem conseguir visto de estudante pq não tenho como comprovar matrícula (já q só se matricula presencialmente)….me ajuda por favor

  8. postado por
    Amanda Barbosa
    fev 29, 2016

    Que bom que ajudou, Priscila! 🙂

  9. postado por
    Priscilla
    fev 28, 2016

    Inspirador

  10. postado por
    Amanda Barbosa
    nov 30, 2015

    Que bacana saber disso Florisbela! Com certeza continuarei ajudando com as dicas sim! Beijos

  11. postado por
    Florisbela Intagliata
    nov 27, 2015

    Maravilha essa sua experiencia. Tbm sou louca por viagens… viciei. Seu blog me ajudou ainda mais, continua nos dando essa incríveis dicas. Bjssss

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Por Uma Vida Mais Rica ☆Se reinventando na maneira de viajar o mundo. Colaboração + tecnologia = experiências ricas (e econômicas)☆by Amanda Barbosa 👻Snapchat: vidamaisrica

Siga-me no Instagram