DESCUBRA UMA NOVA FORMA DE VIAJAR O MUNDO ATRAVÉS DO WORK EXCHANGE. ECONOMIZE E AGREGUE EXPERIÊNCIAS RICAS NA SUA BAGAGEM.

Permacultura e Viagem: 5 paraísos no Brasil que você pode conhecer sem pagar por hospedagem

A Permacultura caracteriza-se por projetos ambientais que utiliza métodos ecologicamente saudáveis, economicamente viáveis, que respondam as necessidades básicas, sem explorar ou poluir o meio ambiente, e que se tornem auto-suficientes a longo prazo. Entende-se que tanto o habitante quanto a sua morada e também o meio ambiente em que estão inseridos, fazem parte de um mesmo e único organismo vivo.

A Permacultura trata as plantas, animais, construções, infra-estruturas (água, energia, comunicações) não apenas como elementos isolados, mas como sendo todos parte de um grande sistema intrinsecamente relacionado.

Para isso, faz-se necessário a observação e a combinação de vários aspectos: os ecossistemas, a sabedoria ancestral e também o conhecimento científico, aproveitando as qualidades inerentes das plantas e animais, combinando suas características naturais com os elementos que compõem a paisagem, e mais a infra-estrutura existentes, para que se possa produzir assim um sistema que suporte o desenvolvimento da vida, tanto na cidade quanto no campo, utilizando-se o mínimo de recursos possíveis.

A Permacultura aproveita todos os recursos disponíveis, e faz uso da maior quantidade de funções possíveis de se aproveitar de cada elemento presente na composição natural do espaço. Mesmo os excedentes e dejetos produzidos por plantas, animais e atividades humanas são utilizados para beneficiar outras partes do sistema.
As plantações são organizadas de modo que se aproveite da melhor maneira possível toda a água e a luz disponíveis. Elas são arranjadas num padrão circular em forma de mandalas, com acesso facilitado por todos os lados. Os pomares são cobertos de leguminosas imitando o ambiente das florestas. Os galinheiros são rotativos, para que as galinhas sejam deslocadas para outro ponto após terem estercado a terra, que será usada para outro fim, enquanto que as galinhas preparam e adubam uma nova área.

Procura-se aproveitar também toda a flora local, associando árvores, ervas, arbustos e plantas rasteiras, que se alimentam e se protegem mutuamente. A água da chuva também é aproveitada através da instalação de captadores, que faz com que a água seja armazenada e utilizada para diversos fins, como a descarga do vaso sanitário, por exemplo.

O princípio básico da Permacultura é: trabalhar “com” e “a favor de“, e não “contra a natureza”.
Os sistemas Permaculturais são desenvolvidos para durar tanto quanto seja possível, com o mínimo de intervenção. Os sistemas são tipicamente energizados com a luz do sol, os ventos, e/ou as águas, produzindo energia suficiente para suas próprias necessidades.

Esse é o conceito de Permacultura: viver em uma sociedade, respeitar a natureza e reduzir lixo. Você irá proteger o bem-estar das pessoas e, além de tudo garantir o futuro das próximas gerações.

Se interessou? Então por que não unir o útil ao agradável? Explorar as riquezas que o Brasil oferece, ao mesmo tempo conhecer mais sobre a permacultura e o melhor: sem precisar pagar por hospedagem. Eis aqui uma seleção de lugares paradisíacos onde você pode viajar fazendo work exchange: trabalhar em troca de casa e comida:

Alto Paraíso – GO

Saiba mais: aqui

96340167

Chapada Diamantina – BA

Saiba mais aqui

6-Guia-Chapada-Diamantina-Gruta-Azul

Jericoacoara – CE

Saiba mais aqui

PSX_20151022_222709

Arraial do Cabo – RJ

Saiba mais aqui

arraail_2

João Pessoa – PB

Saiba mais aqui

JP_2


Fonte: Instituto de Permacultura da Mata Atlántica

Post Author
Amanda Barbosa

Comentários

2 Comentários
  1. postado por
    Amanda Barbosa
    nov 5, 2015

    Oi Taisa, tudo bem? Dá uma lida nesse post aqui. Acredito que vai te esclarecer muitas dúvidas em relação a esse assunto. 🙂 Caso tenha mais perguntas, nao deixe de falar comigo, Ok? Beijos

  2. postado por
    Taísa
    nov 1, 2015

    Amanda, existe um prazo mínimo para a permanência? Durante o período no lugar, a pessoa tem direito às refeições? Me interessei, mas queria saber mais ou menos quanto eu precisaria economizar pra me manter lá, rs.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Por Uma Vida Mais Rica ☆Se reinventando na maneira de viajar o mundo. Colaboração + tecnologia = experiências ricas (e econômicas)☆by Amanda Barbosa 👻Snapchat: vidamaisrica

Siga-me no Instagram