DESCUBRA UMA NOVA FORMA DE VIAJAR O MUNDO ATRAVÉS DO WORK EXCHANGE. ECONOMIZE E AGREGUE EXPERIÊNCIAS RICAS NA SUA BAGAGEM.

Work Exchange e a barreira do idioma

Na teoria, tudo parece ser muito divertido ao planejar uma viagem de work exchange: se cadastrar em algum site especializado, procurar locais que sejam de nosso interesse, entrar em contato com os estabelecimentos e marcar a viagem… mas, muitas vezes na prática não é bem assim, já que no meio do caminho aparece um fator que muitas vezes acaba deixando muita gente insegura ao viajar para o exterior: a barreira do idioma.

O que de fato é preciso e não tem como fugir disso, é conseguir criar um perfil, e na maioria das vezes, fazer o primeiro contato com os anfitriões em inglês (ou na língua oficial indicada no perfil do estabelecimento), já que é o idioma universal dentro dos sites especializados. Nesse caso, os amigos poliglotas e o próprio google conseguem salvar!

Mas, fazer work exchange em outro país não significa que as pessoas nas quais você vai estar em contato durante sua experiência, só falem o idioma local e muito menos que você precise ter fluência nessa língua. E é exatamente por ter passado por dúvidas e inseguranças como essas na minha primeira experiência, que eu decidi compartilhar esse vídeo com você, e contar como isso funciona:

Espero que tenha esclarecido suas dúvidas. 🙂

E se você está afim ou já está programando uma viagem nesse estilo, mas não sabe muito bem por onde começar, eu posso te ajudar através de uma consultoria personalizada. É só clicar aqui para ter mais informações!

CONSULTORIA_RETANGULO

Post Author
Amanda Barbosa

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Por Uma Vida Mais Rica ☆Se reinventando na maneira de viajar o mundo. Colaboração + tecnologia = experiências ricas (e econômicas)☆by Amanda Barbosa 👻Snapchat: vidamaisrica

Siga-me no Instagram