DESCUBRA UMA NOVA FORMA DE VIAJAR O MUNDO ATRAVÉS DO WORK EXCHANGE. ECONOMIZE E AGREGUE EXPERIÊNCIAS RICAS NA SUA BAGAGEM.

O que faço para conseguir viajar por mais tempo conciliando trabalho

Uma das perguntas que mais tenho escutado ultimamente é: Amanda, o que você faz no Brasil e como você consegue viajar por tanto tempo? Engraçado, pois essa era também uma pergunta que eu me fazia diariamente quando via pessoas nas redes sociais postando fotos de viagens quase o ano inteiro!

Na época de nossos pais, pessoas bem sucedidas eram aquelas que tinham um diploma de doutor, e a coisa ficava ainda melhor quando o traje de trabalho era terno e gravata. Muitos deles, trabalharam na mesma empresa a vida inteira, e nem sequer imaginam como seriam suas vidas sem aquele emprego. Porém, com a evolução da tecnologia, criaram-se diversas outras profissões que não exigem que estejamos presos em um único lugar.

Mesmo com tantos avanços, muitas pessoas ainda não conseguiram absorver a idéia de que é possível sim ser bem sucedido sem necessariamente viver da forma que os nossos pais viviam e, mais importante de tudo, sem se CULPAR por escolher trilhar um caminho diferente do que podemos chamar de padrão… caminho no qual vem se abrindo para que futuramente deixe de ser exceção e passe a ser um estilo de vida. E foi dessa maneira que eu decidi viver.

Barcelona 2014
Barcelona 2014

Ao contrário do que muita gente vende por aí, “largar tudo e mudar de vida”  tem sido de longe, a missão mais difícil que já tive até hoje, mas por outro lado, é também o grande fator responsável pela minha realização pessoal e profissional. Desde que eu resolvi sair do meu emprego para morar um tempo fora do país (saiba mais aqui), eu passei a ver o mundo muito além do que os meus olhos podiam enxergar, e fui tomando decisões que me e conduziram para uma grande transformação.

Ao retornar para o Brasil, depois de seis meses morando na Inglaterra, a única certeza que eu tinha, era a de que eu queria uma vida com mais liberdade e flexibilidade de horários, e o meu plano inicial para começar a me estruturar, era trabalhar exatamente com o que eu já fazia antes dessa viagem, porém como freelancer (para quem não sabe, eu era produtora de eventos e trabalhava fixa em uma agência). E então, eu resolvi usar os meus contatos e rede de amigos para divulgar que estava de volta, e disponível para “freelas”.

Pouco tempo depois, eu comecei a sentir uma grande necessidade de compartilhar com as pessoas o que eu havia vivido e aprendido durante minha temporada na Europa. E foi desse desejo inexplicável de espalhar isso para o mundo, que eu criei o projeto pelo qual sou completamente apaixonada: o Por Uma Vida Mais Rica.

Quando ouvimos ou lemos sobre pessoas que vivem de blog, na verdade, elas querem dizer que vivem dos frutos que seus blogs ajudam a semear. Como por exemplo: algumas o utilizam como um meio de divulgação para oferecer seus produtos e serviços, outras começam a fazer palestras e a escrever para colunas em jornais e revistas, e outras fazem tudo isso junto. Patrocínios e anúncios de empresas são geralmente um pouco mais demorados, já que o fator relevante para esse tipo de acordo, é o tráfego de leitores que um blog possui.

Londres 2014
Londres 2014

No meu caso, eu faço consultorias personalizadas e também possuo um site recém lançado para pessoas que procuram oportunidades de work exchange no Brasil (para quem tiver interesse, as informações estarão no final do post). E é através desses projetos e de alguns “jobs” freelances, que eu consigo conciliar viagem e trabalho, já que não é preciso pedir demissão do emprego toda vez que uma viagem estiver para acontecer.

Muitas pessoas pensam que essa é a vida que qualquer um pediu a Deus, pois significa trabalhar menos e viajar mais… mero engano. É possível sim ter mais liberdade para escolher a hora de começar a trabalhar, porém, muitas vezes não existe hora para acabar o trabalho.  É por isso que o meu primeiro conselho para aqueles que buscam esse estilo de vida chama-se disciplina!

Como eu geralmente viajo fazendo work exchange, acabo tendo bem menos gastos do que em uma viagem convencional, pois economizo com hospedagem e alimentação, o que não exige um grande planejamento financeiro, dependendo do país a ser visitado. Esse é sem dúvida, um dos principais fatores que me permitem fazer viagens mais longas atualmente. Saiba mais detalhes aqui.

Nas últimas viagens que fiz, eu tinha como estratégia trabalhar duro no Brasil para juntar dinheiro e conseguir me manter com essas economias lá fora. Mas, é possível também conciliar trabalhos remotos enquanto se está viajando, mesmo durante um work exchange. É só saber escolher um local que tenha uma boa conexão de internet e ter as horas de trabalho voluntário muito bem definidas com a pessoa que está te hospedando.

Aqui estão alguns sites muito usados por nômades digitais e freelancers, onde você pode encontrar oportunidades de trabalho online: Upwork, Workana.

Uma dica muito importante para aqueles que sonham em cair no mundo, é ter em mente que enquanto se está fazendo uma viagem, os gastos fixos aqui no Brasil devem ser os mínimos possíveis. Estude possibilidades de se livrar do seu aluguel, seja sublocando seu apartamento ou quarto enquanto viaja, ou mesmo mudando para a casa dos seus pais, e reduza contas como celular e internet o máximo que puder.

IMG-20140711-WA0026
Sendo entrevistada pela BBC em Londres

Essas são algumas das opções que você pode começar a considerar para conseguir aderir esse estilo de vida. Independente do que você escolher fazer, tenha como princípio que a determinação deve ser o fator chave para te manter firme em sua decisão, pois as dificuldades, seja na transição de vida ou mesmo durante uma viagem, vão sempre existir, e só dependerá de você fazer com que elas te fortaleçam ou te derrubem!

Por uma vida além da janela de um escritório!!

Sem ação, não há transformAÇÃO!

Sobre os serviços que citei no texto:

Conexão Direta: Sessão via skype ou telefone para tirar dúvidas e obter mais informações sobre viagens de work exchange. Mais informações aqui.

Consultoria Personalizada: acompanhamento e suporte no planejamento de uma viagem de work exchange, desde a definição do país e ajuda na busca de locais, até o planejamento financeiro e informações mais detalhadas sobre como se preparar para a experiência. Mais informações aqui.

Site que oferece oportunidades de work exchange no Brasil: Work Nomads.

Post Author
Amanda Barbosa

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Por Uma Vida Mais Rica ☆Se reinventando na maneira de viajar o mundo. Colaboração + tecnologia = experiências ricas (e econômicas)☆by Amanda Barbosa 👻Snapchat: vidamaisrica

Siga-me no Instagram