DESCUBRA UMA NOVA FORMA DE VIAJAR O MUNDO ATRAVÉS DO WORK EXCHANGE. ECONOMIZE E AGREGUE EXPERIÊNCIAS RICAS NA SUA BAGAGEM.

Você sente um chamado?

Pesquisas dizem que quase 80% das pessoas estão insatisfeitas com algum aspecto de suas vidas, seja no trabalho, relacionamento ou na maneira como vivem…e talvez você, que está lendo esse texto, também seja uma delas.

Certamente, você já se pegou pensando sobre o que de fato está fazendo aqui e o que poderia te fazer ser mais feliz. Mas, como diz Dalai Lama, a felicidade é apenas um estado de espírito, e não depende de qualquer fator externo para que possa existir. Parece louco, mas quanto mais nos libertamos do apego ao material ou da tentativa de querer controlar fatores externos, mais felizes conseguimos ser.

photo_41181_20150915

Quantas pessoas você já não viu por aí que mudaram completamente seus hábitos e comportamentos, largaram empregos ou resolveram trocar uma vida urbana e cheia de agitação para viver com mais simplicidade? E sabe porque isso acontece? Porque elas conseguiram finalmente dar ouvidos ao seu chamado. Claro que isso não significa que o seu chamado seja deixar todos os seus bens para trás e ir viver no meio de mato, mas sim em seguir um sentimento que vem de dentro para fora, e não o contrário.

Nós crescemos em uma sociedade cheia de regras, e muita vezes somos reprimidos por termos comportamentos que fogem de padrões vistos como certos, e então, para nos adaptarmos, acabamos tendo que colocar máscaras no decorrer de nossas vidas, e no final, acabamos acreditando que nós somos essas máscaras.

Eu sempre digo que somente quando experimentamos o que não gostamos, como um trabalho chato ou viver uma vida que não traz o verdadeiro sentido de nossa essência, é que conseguimos nos munir das ferramentas que permitirão buscarmos o nosso caminho. Isso acontece porque estamos nos libertando dessas máscaras e descobrindo o real motivo que nos faz estar aqui, e então toda essa inquietação e sentimento de vazio simplesmente desaparecem para dar lugar a algo muito maior.

O meu processo, foi um pouco mais profundo do que apenas um trabalho que não me realizava. Eu passei pela dor da perda de uma irmã, e foi através do que esse sofrimento me trouxe, que eu resolvi jogar tudo para o alto, ganhar o mundo, acreditar nos meus projetos e reescrever uma nova história. Eu percebi que é sim possível cultivar o sentimento de felicidade dentro de mim, mesmo tendo passado por situações como a que eu passei, e foi dessa forma que eu pude encontrar a minha verdadeira paz de espírito.

photo_46856_20151005

A parte mais dificil de seguir um chamado, é o medo de arriscar tudo em nome de algo que não sabemos aonde vai nos levar e que muitas vezes apenas nós acreditamos, e então essas incertezas acabam nos levando a fazer de conta que está tudo bem, a deixar as coisas do jeito que estão, e assim seguimos, com uma vida sem propósito e sem encontrarmos as respostas para as nossas perguntas.

E é por isso que eu insisto tanto em mostrar para as pessoas o quanto é importante enxergar o que está se passando dentro de nós e entrar contato com esse sentimento, seja ele qual for. Fugir, só te levará a procrastinação, ao adiamento daquilo que é o responsável pela sua grande mudança. Aprenda a escutar o que o seu chamado tem tentado te falar, é só dessa maneira que a sua vida poderá ganhar o sentido que você tanto vem buscando!

Minhas dicas para descobrir qual é o seu chamado

1. Passar por cima do pensamento “mas o que será que vão pensar de mim”?

Lembre-se que todas aquelas pessoas que hoje são bem sucedidas ou que possuem autoridade em quaisquer que seja o campo que atuam, só conseguiram estar onde estão porque decidiram seguir aquilo que acreditavam. E para isso, tiveram que pagar o preço do julgamento, falta de apoio dos amigos ou rejeição da família. Não existe certo ou errado, mas sim a verdade que cada um tem como certa para si.

2.  Tire um tempo para você

Pode parecer clichê, mas quando damos uma pausa, seja fazendo uma viagem, ou quebrando a rotina cheia de compromissos, onde o tempo parece ser o nosso maior inimigo, é que conseguimos de fato parar para ouvir a nossa voz interna. Quando estamos com a mente vazia de preocupações e estímulos, as respostas surgem, e então conseguimos enxergar qual é o nosso próprio caminho.

3. Use o conhecimento e as pessoas que você admira como sua ferramenta de empoderamento

Use pessoas, redes sociais, vídeos e livros a seu favor. É somente dessa maneira que você conseguirá descobrir o que é que te faz querer uma mudança. Quando admiramos muito alguém, significa que as características dessas pessoas são exatamente as mesmas características que possuímos, mas que por algum motivo, encontram-se sucumbidas dentro de nós . Perceber o mundo de diferentes perspectivas, nos ajuda a entender e a fortalecer nossos pontos de vista, qualidades e fraquezas.

Post Author
Amanda Barbosa

Comentários

2 Comentários
  1. postado por
    Amanda Barbosa
    abr 24, 2016

    Oi Camila, eu sempre tive uma vozinha lá no fundo que me dizia que a minha missão era ajudar e servir pessoas de alguma forma, porém eu não sabia ao certo o que era. Depois de voltar de uma viagem pela Europa por seis meses, onde em boa parte dela me vi em momentos de introspeção, eu finalmente consegui encontrar algumas respostas que me levaram a entender de fato qual era o meu cahamado. Não foi rápido, mas hoje eu entendo que todo esse processo foi necessário para que eu pudesse fazer todas as mudanças necessárias na minha vida.

  2. postado por
    Camila Camargo
    abr 22, 2016

    Mas como você descobriu qual era o seu chamado?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Por Uma Vida Mais Rica ☆Se reinventando na maneira de viajar o mundo. Colaboração + tecnologia = experiências ricas (e econômicas)☆by Amanda Barbosa 👻Snapchat: vidamaisrica

Siga-me no Instagram