DESCUBRA UMA NOVA FORMA DE VIAJAR O MUNDO ATRAVÉS DO WORK EXCHANGE. ECONOMIZE E AGREGUE EXPERIÊNCIAS RICAS NA SUA BAGAGEM.

O que você tem feito da sua vida ultimamente?

Nós vivemos cercados por estímulos o tempo todo. Acordamos, e antes de abrir os olhos, lá estamos nós revirando o celular para responder e-mails e mensagens no whatsapp de “vida ou morte”… vivemos correndo, com medo de perder a hora, e mesmo dormindo continuamos sonhando com os compromissos do dia seguinte. Essa é provavelmente a sua realidade e a de muitos outros que estão lendo esse texto, e inclusive foi a minha nesses últimos meses…

Sim, talvez isso seja um desabafo, mas a verdade é que ultimamente eu venho trabalhando como nunca (e olha que já ralei muito na minha antiga profissão), e o resultado disso tudo foi uma auto cobrança maior do que a minha mente poderia suportar, e noites mal dormidas que geraram um desgaste físico maior do que o meu corpo estava disposto a aguentar.

Eu me fechei ao mundo, acordava e dormia pensando em trabalho, em como fazer os projetos acontecerem mais rápido, em fazer o possível e impossível para não deixar leitores sem resposta. Eu já não me socializava com os meus amigos há meses e provavelmente eles não fazem a menor idéia do real motivo, pois sou daquelas pessoas que prefere se calar ao invés de levar problemas (já não bastam aqueles que cada um precisa carregar), e o balanço que tiro desses últimos seis meses foi a maior crise de stress que já pude experimentar em 32 anos de vida.

Me dei conta de que mesmo fazendo tudo por amor, eu estava indo contra o que eu defendo e acredito. Eu estava me deixando de lado… esqueci de mim, da minha vaidade, do cuidado com a minha espiritualidade, das pessoas que amo, da minha família… o sinal mais claro dessa baixa energia foi o assalto que sofri durante uma caminhada (que me forcei a fazer certo dia para tentar me desligar e relaxar), e na hora eu entendi perfeitamente o motivo daquilo estar acontecendo, afinal, atraímos o que emitimos, certo?

Minha mente e meu corpo estavam pedindo socorro… eram 14, 15 horas por dia de trabalho durante praticamente 7 dias por semana, e confesso que muitas vezes perdia a noção do tempo. Claro que tudo isso só aconteceu porque eu permiti, pois pela primeira vez na vida eu me sinto realizada por tudo o que venho construindo profissionalmente, por cada e-mail de agradecimento que recebo, por cada idéia que surge nos meus novos projetos.

Mas, eu precisei parar por um momento… pedi ajuda, rezei, chorei, refleti. Precisava de fôlego, de estar com pessoas, de um contato mais humano e menos virtual.

Vila de Óbidos
Vila de Óbidos

E foi assim que a viagem que eu acabo de fazer para Portugal se consumou. Depois de um exercício mental e um pedido de ajuda sincero e humilde aos meus gurus, eu tive a viagem materializada apenas 4 dias antes de entrar no avião. Nada que a “sorte” de conseguir algumas milhas/passagem em promoção, não me possibilitassem estar ao lado da turma de amigos que eu mais amo estar, e o melhor: sendo eu na minha melhor versão!

Estou contando toda essa história, para dizer que mesmo quando acreditamos estar no caminho certo, precisamos nos respeitar, ser honestos conosco, saber até onde certas decisões ou atitudes podem estar nos beneficiando ou prejudicando. Todos aqui somos iguais, e por isso não estamos livres das situações difíceis, mas que se não soubermos lidar, podem nos trazer muito sofrimento ou consequências irreversíveis. Isso só acontece por conta “dessa vida no automático” que insistimos em carregar e que acaba nos levando ao desequilíbrio de nossas saúdes mental, espiritual e intelectual.

Lisboa
Lisboa

Quando vivemos viciados naquela mesma rotina, respirando preocupações, nos esquecemos que a vida deve ser leve, e muitas vezes, é só quando chegamos ao extremo que conseguimos enxergar isso. Por isso, pare por um momento, se olhe no espelho e procure perceber se a sua vida tem feito sentido ultimamente e se você tem sido a melhor pessoa para você e para aqueles nos quais se importa.

Feche os olhos por algum segundos, aquiete-se e deixe que a sua imaginação te leve aonde ela quiser te levar… deixe de lado os ruídos da mente e escute a sua voz interior, pois ela está sempre ali te guiando, o problema é que na maioria das vezes nós insistimos em ignorá-la. Relaxe, respire e procure fazer tudo aquilo que te faz sentir bem. Faça esse exercício diariamente ao acordar e repita para si mesmo que hoje será o melhor dia de sua vida.

Sintra
Sintra

Quando treinamos a nossa mente para esse mundo ideal que queremos viver, ela inexplicavelmente consegue transferir todos esses desejos para uma realidade materializada, e é isso que eu venho experimentando. Coisas incríveis começaram a acontecer na minha vida depois que eu passei a buscar o meu ponto de equilíbrio novamente, como a viagem repentina para Portugal, por exemplo, que ocorreu mesmo quando eu pensava que pudesse não ter recursos suficientes para isso… e eu tenho certeza que com você não será diferente!

Entregue-se ao que é, e lembre-se: a realidade da sua vida é criada por ninguém mais ninguém menos do que você. Mude a chave e perceba a grande mudança acontecer.

Por Uma Vida Mais Rica!

Ericeira
Ericeira
Bairro Alto, Lisboa
Post Author
Amanda Barbosa

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Por Uma Vida Mais Rica ☆Se reinventando na maneira de viajar o mundo. Colaboração + tecnologia = experiências ricas (e econômicas)☆by Amanda Barbosa 👻Snapchat: vidamaisrica

Siga-me no Instagram