DESCUBRA UMA NOVA FORMA DE VIAJAR O MUNDO ATRAVÉS DO WORK EXCHANGE. ECONOMIZE E AGREGUE EXPERIÊNCIAS RICAS NA SUA BAGAGEM.

A parte mais difícil de viajar (e que ninguém te conta)

Você vê o mundo, vive novas experiências, conhece outras pessoas, se apaixona, visita lugares incríveis, aprende sobre outras culturas, –  e então, é o fim. Estamos cansados de ouvir pessoas falarem sobre o que viveram em suas viagens, certo? Mas e sobre voltar?

Quando temos a experiência de morar fora do país, passamos por dificuldades, levamos rasteiras daqueles que pensávamos ser confiáveis, ouvimos muitos nãos em entrevistas de emprego e demoramos para conseguir fazer amigos de verdade… Mas, esses perrengues acabam sendo pequenos se comparados aos momentos felizes que uma viagem proporciona. E no final, ao voltar para casa, isso tudo serão histórias a serem lembradas durante um encontro com amigos.

Então, quando você volta, passa semanas encontrando todos esses amigos para compartilhar suas aventuras e matar as saudades… e aí, depois de um tempo toda essa euforia acaba e você deixa de ser a atração principal… as pessoas passam a se acostumar com a sua presença novamente, e perguntas como “e agora, o que pretende fazer da vida? Quais são os seus planos?  Você já conseguiu um emprego?” começam a surgir.

AliKaukas_WLNZ2015-84131

Mas, a pior parte disso tudo, é quando você percebe que mesmo depois de tanto tempo longe, nada mudou por aqui. Você fica feliz por ver que todos estão bem, saudáveis, com novos empregos, namorados, compromissos, etc… porém, parte de você não cansa de se repetir a mesma pergunta:

“Será que você não percebe o quanto eu mudei?”

E  não é o cabelo, peso, modo de se vestir ou qualquer outra coisa ligada a aparência. Eu estou dizendo sobre o que se passa dentro de VOCÊ. A maneira que os seus sonhos mudaram, a maneira como você passou a enxergar as pessoas, os hábitos que você se orgulha de não ter mais, e as coisas que passaram a ter mais importância para você.

Você quer dividir e discutir todas essas mudanças com os outros, mas não há nenhuma maneira possível para se descrever aquele momento que você deixa tudo o que (achava que) sabia para trás para conhecer um mundo novo, cheio de novas possibilidades e de experiências únicas, que você não fazia ideia que pudessem existir.

E esse é o motivo pelo qual uma vez que você fez uma viagem que te transformou, tudo o que você quer é “ir embora” novamente. Isso pode até ser interpretado pelos outros como fuga, medo de encarar a realidade ou qualquer outra coisa nesse sentido, mas na verdade, nada mais é do que a vontade de estar com pessoas que falem a mesma língua que você. Não digo inglês ou espanhol, mas a língua na qual essas pessoas saibam, assim como você, o quanto é bom ir embora por um tempo, mudar, crescer experimentar, aprender e então voltar e sentir-se tão perdido em sua cidade quanto a primeira vez que você fez uma viagem para outro país.

travel-shutterstock_204205822-890x395_c

Essa é a parte mais difícil sobre viajar, e esta é a razão pela qual quem experimentou tudo isso uma vez, acaba repetindo mais e mais vezes…

Viajar é o bem mais rico que um ser humano pode adquirir durante sua vida, pois é o único que lhe dá o direito de levá-lo consigo para sempre!


Via

texto traduzido e adaptado por Amanda Barbosa

Post Author
Amanda Barbosa

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Por Uma Vida Mais Rica ☆Se reinventando na maneira de viajar o mundo. Colaboração + tecnologia = experiências ricas (e econômicas)☆by Amanda Barbosa 👻Snapchat: vidamaisrica

Siga-me no Instagram